Templates da Lua

Créditos

Templates da Lua - templates para blogs
Essa página é hospedada no Blogger. A sua não é?

terça-feira, 9 de julho de 2013

Do câncer


De repente, me descobri contaminada.
A raiva febril ardendo nas veias, exalando pelos poros.
O ódio forçando sua passagem pela garganta, destilado em outros venenos.
Você se acomodou sorrateiramente em meu corpo e quando percebi estava em todos os meus órgãos. O mais vil dos parasitas.

E aqui estou eu, bisturi suspenso na mão, pronta para te atacar, te arrancar.
Mas, ainda assim, incapaz de decidir se quero a cura ou a sucumbência.

Afinal, o que restará em mim depois que você se for?

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

De você

"Uma definição não encontrada no dicionário

Não ir embora: ato de confiança e amor, comumente decifrado pelas crianças"

A menina que roubava livos - Markus Suzak


Passaram 4 estações, 12 meses, 365 dias.


Mas você ficou.

.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Dois anos.

Dois anos. E o tempo não curou nem fez passar. A ausência moldou-se ao corpo, fazendo parte do conjunto.

Há agora uma cadeira vazia na sala e um terço mudo, sem fé nem abrigo.

Às vezes, é como se seu abraço ainda estivesse lá, esperando as minhas malas.

Mas não. É só terra e lápide.

E o amor guardado fica calado e quieto, tentando não doer.


[Saudades sempre.]


quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Presente




Adjetivo. 1. Diz-se da pessoa que está num dado momento diante dos olhos; 2. O tempo atual; 3. Dádiva, dom, mimo.



O instante-agora vem embrulhado em laço de fita desde que você chegou.


(I don't see what anyone can see, in enyone else but you.)

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Da Imaginação

Se me perguntassem, alguns anos atrás, como seria o homem perfeito, eu teria a resposta na ponta da língua.


Embora não fosse Sapo ou Fera, também não seria Narciso.
Se eu precisasse, ele escalaria até o quarto mais alto da torre mais alta ou balançaria nos cipós da floresta.
Macarrão seria nosso prato preferido, com o beijinho no final.
Ele não se importaria que o meu sapatinho fosse maior que o das outras donzelas e seria amigo de todos os 7 anões.
O despertar com um beijo seria todos os dias e depois de um "estou atrasado! estou atrasado!", sempre haveria tempo para um "te vejo mais tarde ".


Mas o tempo ensinou que essa história de príncipe encantado não existe.


Então, veio você. E me mostrou que eu estava longe de imaginar o que é a perfeição.


(Porque o mundo está melhor desde que você chegou.)

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Do que você não sabe

Eu te adoro.
Mas disso você já sabe...

Você não sabe é que eu adoro quando você me acorda com um bom dia
E que eu acho linda a sua cara de "não sabo".
Que eu adoro o fato de você não ter vergonha de me chamar de bebê
E que você me mostrou um novo conceito de assistir filme.
Que eu adoro a sua determinação
E que por mais que eu te chame de mungangueiro, você é o melhor dançarino de forró que existe.
Que eu adoro quando você imita a música do Darth Vader
E que a sua concentração jogando video game é de dar inveja.
Que eu adoro quando você percebe que eu fiz as unhas
E que o seu perfume de domingo tem cheiro de paz.
Que eu adoro o fato de eu ter a chave da porta da frente
E que você nunca me deu motivos para abalar minha confiança em ti.

Você não sabe é que eu te adoro como namorado, como amigo, como ouvinte, como dono-de-casa, como nerd, como corredor, como queridinho da minha avó, como forrozeiro, mungangueiro ou sambista, como Kratos ou Jedi, como especialista em eletrônicos ou engenheiro, como guitarrista fodástico de Guitar Hero ou como baterista negação de Rock Band, como portador de Parkinson ou como idoso sem joelhos.

Simplesmente, eu te adoro. Mas isso, de fato, não é não novidade para ninguém.


[Pista 11: Sede Oficial MBALD. ]

sábado, 30 de maio de 2009

Dos Pensamentos Aleatórios

Triste mesmo é a sina do jardim...
Belo e estático.
Desejando noite e dia a visita dos passarinhos, mas incapaz de fazer nada além de esperar.







[Quem dera eu ter asas também.]